Matricule-se hoje mesmo






A maioria dos pequenos empresários brasileiros tem dificuldade em gerenciar a equipe do negócio e delegar funções. “Muitas vezes, os empreendedores têm formação técnica, mas nunca tiveram que liderar gente”, afirma David Kallás, professor de Educação Executiva Customizados do Insper.

Para Isabel Stepanski, professora do curso CBA em Gestão Estratégica de Pessoas do Ibmec/DF, os pequenos empresários têm buscado mais conhecimento na área de gestão de pessoas porque acreditam que reconhecer a equipe é importante para o crescimento da empresa. “Eles sabem que o funcionário é a chave de qualquer processo”, diz.

Daniel Palácio, gerente do Sebrae-SP, afirma que um empreendedor que não presta atenção nas mudanças de mercado pode deixar passar informações que podem influenciar negativamente o negócio.

 

Veja outros sinais de que você pode ser um chefe ultrapassado.

1. Os funcionários têm medo de você

Um bom gestor é aquele que apoia a equipe e ajuda a solucionar os problemas da empresa. “É um sinal ruim quando as pessoas evitam dar notícias ruins para o empreendedor porque estão com medo”, afirma Kallás. A figura do chefe carrasco não é vantajosa para nenhum tipo de empreendimento.

Uma recomendação do especialista para contornar esse tipo de situação é evitar buscar culpados quando o problema ainda não foi solucionado. “As pessoas querem conselhos e resolver problemas”, resume.

2. Você acredita que sempre tem razão

Um dos erros mais comuns cometidos por donos de pequenas empresas é não escutar o que a equipe tem a dizer e achar que sempre está certo. “É preciso confiar no funcionário que está envolvido no problema e pode sugerir uma solução”, explica Palácio. “Não é só dando ordens que funciona. O funcionário que está atendendo o cliente pode ter boas ideias”, completa Isabel.

Para Kallás, estar cercado de pessoas que não tem coragem de discordar do empreendedor pode ser prejudicial para o negócio. “Você precisa de alguma forma estimular que as pessoas emitam as opiniões e perguntar mais”, ensina.

3. Nada funciona sem a sua presença

Ser um chefe que não sabe delegar é um sinal de que você precisa investir mais na gestão do seu negócio. “Ele precisa quebrar o paradigma de que só pode ser com ele, que se não for com ele não sairá do jeito correto. Cabe ao líder passar para o cliente que os funcionários estão treinados para oferecer o serviço com qualidade”, afirma Palácio.

O estilo centralizador não funciona, pois o empreendedor acaba gastando muito tempo na operação e não consegue focar em estratégias de crescimento. “Seja em grandes ou pequenas empresas, ninguém consegue tomar conta de tudo ao mesmo tempo. O empreendedor não pode ficar refém. Ele tem que se programar para atender o cliente em momentos críticos”, recomenda Kallás.

4. Você não investe em treinamento

O autodesenvolvimento é essencial para o sucesso do empreendedor e do negócio. “Se ele acha que o treinamento é um investimento desnecessário, ele está fadado ao insucesso. A própria capacitação dos funcionários é uma maneira de reter talentos”, explica Palácio.

O bom líder tem que se preocupar com o desenvolvimento da pessoa. “É preciso melhorar sempre e ser coerente no discurso. O que ele exige do funcionário, ele também tem que praticar”, recomenda Isabel.

5. Evita mudanças

Algo está errado se o pequeno empresário lidera a empresa há vários anos da mesma maneira e acredita que não precisa mudar. “Isso faz com que ele permaneça estagnado e não consiga crescer”, afirma Isabel. Ignorar que o negócio precisa de profissionalização, por exemplo, é outro sinal de que o empreendedor precisa rever seu estilo de gestão.


Fonte
http://exame.abril.com.br/pme/noticias/5-sinais-de-que-o-empreendedor-e-um-chefe-ultrapassado

Últimas Novidades